terça-feira, 30 de junho de 2009

O Regresso

Se realmente a vida nos ensina algo de útil e se de algo nos vale a experiência é para sabermos que não existe o regresso

Em termos científicos, é algo óbvio: o tempo que passou não pode voltar. Em termos da alma, é um só desejo… e igualmente impossível!

Quantas vezes durante a nossa vida fazemos tentativas (em vão é claro) de tentar voltar a algum ponto da nossa vida passada que desejamos vivamente? O esforço é sempre inútil… Aquele lugar, aquele momento, aquelas pessoas, não se voltam a repetir. A magia que recordamos (talvez fruto desse sentimento tão português, a saudade) já não existe… talvez existam outras magias parecidas, mas aquela não… nunca!

Amarrar-se ao passado, é talvez um sintoma de infelicidade, de falta de presente, de ideias, de objectivos… de amor-próprio! O passado deve existir para nos lembrarmos dele e para não voltar a cometer os mesmos erros de outrora… Querer voltar ao que se viveu é absurdo e impossível (isso vos garanto!) e conduzir-nos-á a uma negação do nosso presente.

Esta incapacidade de voltar ao passado torna ainda mais impossível procurar um sentido e um objectivo para o nosso presente. No entanto, os homens empenham-se muitas vezes (lá está, por causa da nostalgia) em voltar ao passado. Digo-vos com sinceridade, não é mau voltar àquele lugar ou recordar aquela música… temos é que estar conscientes que o que sentimos antes nunca mais voltará a ser o mesmo.

Garanto-vos que viver no e do passado é triste, mesmo que esse passado tenha sido maravilhoso… isto revela-nos que somos incapazes de aceitar a realidade do presente.

É fácil chegar a esta conclusão! (se eu cheguei...) Se olharmos para o espelho o que vemos?? De certeza que vemos a nossa imagem actual e não a do passado!!!

Ou seja, temos que nos aceitar a nós próprios em cada momento e quem pensa o contrário anda enganado na vida (eu já fui assim, voces sabem), inadaptado e, consequentemente, infeliz.

Viva o presente! Ainda bem que hoje posso dizer que vivo o presente e que estou nele com pessoas e lugares fantásticos. O amanhã ainda não chegou e o passado já se foi, logo não vale a pena estar com pensamentos e expectativas.

Não quero que esqueçamos o que vivemos, as lembranças podem ser (e são) lindas… mas não devemos tentar voltar a elas. Aquilo… aquilo já não existe.

http://www.youtube.com/watch?v=v2yWYJ9FIjc

1 comentário:

  1. O passado "fez-nos", mas o caminho, esse é sempre para a frente..

    **

    ResponderEliminar